Você já ouviu falar muito no implante dentário, certo? E, sem dúvidas, deve ter ouvido também muitos mitos e inverdades que envolvem esse tratamento. Será que você está realmente bem informado sobre os implantes? Não se preocupe. A Oral Unic que é referência no assunto, vai esclarecer todas as suas dúvidas por aqui.

image

O QUE É IMPLANTE DENTÁRIO?

É a solução ideal para quem perdeu um ou mais dentes ou deseja substituir as dentaduras. Consiste em um pino de titânio que substitui a raiz do dente que será implantado abaixo da gengiva, integrado ao osso maxilar, que servirá de apoio para receber um ou mais dentes substitutos.

image

TIPOS DE IMPLANTES

Prótese de protocolo: prótese total fixa instalada sobre pinos implantados por toda agengiva, restaurando a reabilitação total de pacientes que perderam seus dentes. É a melhor opção para quem sonha em se livrar da dentadura;

image

Carga imediata: repõe um ou mais dentes perdidos no mesmo dia (sujeito a avaliação prévia). Coroas ou pontes provisórias serão fixadas ao pino de titânio logo após a cirurgia. Após um tempo, a prótese precisa ser trocada por uma definitiva que vai durar por anos.

image

Carga tardia: colocação dos implantes, que são os pinos de titânio que ficarão na gengiva e sustentarão as suas futuras próteses definitivas. Em seguida, é necessário aguardar o período de osseointegração, que pode levar de 4 a 6 meses.

image
image

QUEM NÃO PODE FAZER?

• Jovens menores de 17 anos, pois ainda não atingiram a formação óssea facial completa;
• Pessoas com problemas cardíacos de alto risco;
• Pessoas em tratamento intensivo, por exemplo, contra um câncer ou doenças sistêmicas;
• Diabéticos.

image

SOBRE O PROCEDIMENTO:

• Em primeiro lugar, será administrada a anestesia e a sedação consciente, dependendo do caso;
• O cirurgião extrai os dentes problemáticos, se for o caso;
• Em seguida, coloca a peça de titânio, que servirá de pino para a colocação da prótese;
• Depois é colocado um extensor do pino, onde será fixada a coroa, que é a parte visível do dente.

FAQ

1. O tratamento é dolorido?

Fazer implante já foi muito dolorido. Mas hoje em dia as novas técnicas, anestesias e sedações totalmente seguras deixaram esse processo muito mais simples e confortável para os pacientes. Além disso, o pós-operatório é tratado com analgésico, antibiótico e anti-inflamatório. Ou seja, você não tem mais essa desculpa para não fazer o seu implante!

2. O que a falta do dente pode causar?

Pacientes com poucos dentes se tornam pessoas com dificuldade para se relacionar social, amorosa e profissionalmente, muitas vezes até sendo visto como desleixados. Isso afeta diretamente na autoestima de qualquer pessoa. Mas muito além da estética, a falta de um ou mais dentes afeta a saúde geral do paciente. Cada um dos dentes tem sua importância no funcionamento do organismo, principalmente no sistema digestivo e respiratório. Além disso, quando um dente cai, os demais que estão ao lado passarão a se inclinar para ocupar o lugar do que falta. E assim toda uma estrutura óssea facial vai se movimentando de maneira inadequada.

3. Existe algum tipo de rejeição do organismo?

Não. Os implantes dentários são feitos com materiais biocompatíveis, que se absorvem sem nenhum problema ao corpo, isso impede qualquer possibilidade de rejeição do organismo aos implantes. Existe uma pequena possibilidade de perda do implante dentário, que ocorre por problemas na osseointegração, em torno de 2 a 3% dos casos. Mas nessas eventualidades, o implante dentário é facilmente removido e pode ser colocado um novo implante no mesmo local.

4. Terei que ficar sem dentes durante o tratamento?

Não. Nos casos de implantes de carga tardia, será feita uma prótese provisória com um material mais simples para ser usada enquanto ocorre o processo de cicatrização. Ela será fixada aos dentes pilares com um material de fácil remoção. Lembrando que o uso da prótese provisória também é importante para proteger os dentes vizinhos e promover um bom resultado estético.

5. Pacientes fumantes podem fazer implantes dentários?

Nós sempre alertamos os pacientes que o tabagismo pode prejudicar a cicatrização adequada de um implante, entretanto, isso não impede que fumantes também tenham implantes dentários instalados com sucesso e sorrisos reabilitados. Se você é fumante e deseja fazer um implante, aconselhamos visitar a Oral Unic e conversar com nossos especialistas para informações mais especificas relacionadas às suas necessidades dentais e se assegurar que o procedimento será feito com total segurança e sem riscos.

6. Quem usa dentadura há muito tempo também pode colocar implantes?

Sim. Na realidade, os pacientes que usam dentadura ou prótese móvel são um dos principais beneficiados com os implantes dentários, pois voltam a ter liberdade para mastigar, sorrir e conversar com segurança. Em casos de pacientes que já tiveram atrofia óssea, que impossibilita a colocação dos implantes, é necessário realizar um procedimento de enxerto para a preparação inicial de colocação do implante.

7. Precisarei fazer algum tipo de manutenção após o tratamento de implantes?

Sim! A manutenção garante um total sucesso a longo prazo do tratamento com implantes dentários. Por isso, é imprescindível fazer o controle periódico dos implantes e dos tecidos que os suportam, como os ossos e os tecidos moles que envolvem os implantes. Para ter um controle clínico, é altamente recomendado retornar à Oral Unic a cada seis meses para manutenções, higienizações e controle clínico radiográfico. Mas mesmo assim, é muito importante que se tenha uma higienização diária, tanto da prótese quanto dos implantes. Não se esqueça: a longevidade do tratamento também vai depender muito de você!

Realizado por: